Emagreça com o treinamento de intensidade variável

Emagreça com o treinamento de intensidade variável

O treinamento de intensidade variável consiste em sessões de treinamento que envolve realizar intervalos de treinamento de alta intensidade seguidos de períodos de baixa intensidade.

Um exemplo prático para você entender melhor

Você considerar uma estratégia em que você executa um exercício de forma rápida com intervalos para recuperação. Pode ser uma corrida rápida (sprint) por 30 segundos e, em seguida, uma caminhada ou corrida leve por um minuto, repetindo este processo por vários ciclos. O mesmo pode ser aplicado a outras atividades como a natação ou o ciclismo.

Mais do que isso, o exercício de intensidade variável permite que o coração se adapte a um esforço muito maior, uma vez que está em um estado constante de mudança da frequência cardíaca. Este método possibilita fortalece-lo e adaptá-lo ao longo do tempo a praticamente qualquer situação e esforço.

Além disso, o treinamento de intensidade variável proporciona um período de recuperação entre os picos máximos de esforço. Este período de recuperação é importante para o corpo produzir uma resposta saudável à tensão extrema. Esta resposta contribui para que você emagreça com disposição.

Queima de calorias

O grande benefício deste tipo de treinamento é que você vai continuar a queimar calorias mesmo depois de terminar os exercícios. Isto porque, ao contrário do exercício aeróbio contínuo, a formação de intensidade variável aumenta a sua taxa metabólica, não só durante o exercício, mas também durante horas após!

O metabolismo influencia a velocidade com que o corpo queima calorias. Isto quer dizer que você continuará a queimar calorias em um ritmo acelerado ao longo do dia, mesmo se você só fez um treino de 20 minutos com intensidade variável.

Isto significa que você pode continuar a queimar calorias em um ritmo acelerado ao longo do dia, mesmo se você só fez um treino de 30 minutos com intensidade variável.

A taxa metabólica é um dos fatores mais importantes para a perda de peso. Quanto mais o seu metabolismo é elevado, mais você irá queimar calorias durante o dia e poderá perder peso mais rapidamente.

Leia mais »

Ensaios classificatórios em purificadores de água

Ensaios classificatórios

Quando você compra seu purificador de água é sempre bom observar a presença do selo do INMETRO para se certificar do nível de pureza da água. Este selo garante que o elemento filtrante do purificador foi testado seguindo uma norma.

A norma aplicada para isso é a NBR 14908:2004 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Esta norma visa testar a eficiência em três frentes: a retenção de partículas, a remoção de cloro livre, e a redução da contaminação por microrganismos.

Estes testes são chamados de ensaios classificatórios. Isso porque não basta ter o selo do INMETRO para atestar o produto, deve-se também ver a indicação da classificação para ver a capacidade de purificação segundo cada teste. Existem purificadores, por exemplo, que estão em ótima classificação para retenção de partículas e redução de cloro livre, mas não oferecem aos consumidores dispositivos de eficiência bacteriológica.

Um bom exemplo de produtos que possuem classificação máxima em todos os testes do INMETRO são os purificadores de água Consul.

Entenda agora como funciona cada categoria de testes:

A Retenção de Partículas: verifica a eficiência do aparelho na remoção de partículas sólidas presentes na água, mensuradas em mícron. Classificação: níveis P-I (=0,5 a < 1), P-II (=1 a < 5), P-III (=5 a < 15), P-IV (=15 a < 30), P-V (=30 a < 50), e P-VI (=50 a < 80).

A Redução de Cloro Livre: avalia a eficiência do aparelho na remoção do cloro livre adicionado à água, mensurado no final da vida útil do produto. Classificação: C-I (acima de 75%); C-II (74,9 a 50%); e C-III (49,9 a 25%).

Eficiência bacteriológica: determina a capacidade ou não do aparelho reter, reduzir ou eliminar o teor de contaminação por microrganismos, em pelo menos 100 vezes. Nessa categoria, os produtos em conformidade recebem a classificação como “Aprovado”, os que não realizam a função classificados com “Não se aplica”.

Concluindo. Para um purificador ter classificação máxima nos teste do INMETRO deve indicar no selo a Retenção de Partículas em nível P-I (=0,5 a < 1), a Redução de Cloro Livre em C-I (acima de 75%) e Eficiência bacteriológica classificada como “Aprovado”.

Leia mais »

Verdades e mentiras sobre o depilador elétrico

depilador elétrico

Os depiladores elétricos cada vez mais se destacando quando o assunto é depilação.

Mas ainda existe um temor entre mulheres e homens se aderir a este aparelho é realmente um bom investimento.

Pensando nisso resolvi escrever este artigo para auxilia-los na sua decisão.

Se prepare então para descobrir as verdades e mentiras sobre o depilador elétrico.

Tudo o que você precisa saber sobre seu futuro depilador elétrico

O uso do depilador pode causa dor - Verdade! Entretanto isso não acontece com todo mundo. Dependa da sensibilidade de cada um. Para algumas pessoas podem ser terrível, enquanto para outras é bem suportável. Existem vários relatos de pessoas que se acostumaram com o uso e paraticamente não sentem dor.

Para ganhar tempo pode usá-lo com movimentos bruscos - Mentira! Muita gente imagina que por ser uma parelho elétrico pode usá-lo com rapidez. Isso é um equívoco, pois você pode machucar a pele. Você deve saber como utilizar o depilador para não cometer este erro. Ele consiste em retirar os pelos pela raiz e para isso precisa de movimentos suaves.

Não causa coceiras - Verdade! Problema comum em outros tipos de depilação com o uso de depiladores elétricos cai a particamente zero. Ainda mais com a comercialização de aparelhos com discos hipoalergênicos.

O efeito da depilação é duradouro - Verdade! Como a depilação com este tipo de processo funciona retirando os pelos da raiz o efeito chega durar até quatro semanas.

Um depilador elétrico custa caro - Depende da sua percepção de valor. Talvez investir um grana pagando de uma vez pode parecer caro. Porém pelo tempo de vida útil de da quantidade de vezes que você vai usar você notará que o investimento foi até barato. O grande segredo é que você economize na compra utilizando a internet.

Leia mais »

Estratégias comportamentais para de perda de peso

perda de peso

Há centenas de produtos de emagrecimento no mercado, dietas da moda e especialistas que conhecem todos os segredos para perder peso.

Homens e mulheres gastam milhões em dinheiro tentando anualmente a perder gordura extra a e depois passar quase todo o tempo tentando manter o peso.

O segredo para a perda de peso permanente, porém, é para fazer mudanças de estilo de vida, em longo prazo, baseados em reeducação alimentar e exercícios saudáveis que se tornam se tornam verdadeiras rotinas estratégicas.

Mas como tornar estas mudanças permanentes?

Considere estas estratégias para alcançar seus objetivos de perda de peso permanente:

Estabeleça uma meta para perder peso realista e alcançável

Muitas pessoas quando tentam perder peso o não percebem que uma perda de peso razoável é de 1 a 2 quilos por semana. Porém eles sonham então perder 30 quilos no primeiro mês e depois ficam desapontados quando não atingem este resultado.

Portanto traça uma meta que possa ser atingida.

Foco interior

Ninguém pode fazer o seu emagrecimento um sucesso, exceto você mesmo. Encontrar a sua motivação interna para perder peso vai reforça sua mente a acreditar que você está perdendo peso para si e para mais ninguém. Perder peso deve ser uma meta muito pessoal, que não deve ser feito para agradar ninguém.

Trabalhe para que seu objetivo aconteça

Embora seja possível perder peso sem exercício, a atividade física proporciona uma vantagem para a perda de peso. Ele ajuda a queimar calorias, que não podem ser cortados através da dieta.

O exercício também é extremamente benéfico para a saúde, incluindo a redução da pressão arterial, e fortalecendo o sistema cardiovascular. Os estudos têm mostrado que os indivíduos que mantiveram a perda de peso em longo prazo sempre mantém a atividade física regular.

Se alimente de forma saudável

Para incluir alimentos mais saudáveis em sua alimentação é necessário incluir alimentos de origem vegetal, incluindo legumes, cereais integrais e frutas. Beba bastante água, sucos, chás. Elimine os refrigerantes, excesso de doces e esqueça as dietas malucas.

Comece o dia com um bom café da manhã, saudável. Inclua gorduras saudáveis, bem como óleos vegetais, manteigas vegetais e azeite de oliva. Além disso, corte o açúcar, laticínios ricos em gordura, e coma proteína magra.

Conclusão

Comer de forma saudável e praticar exercícios vai certamente te ajudar na sua perda de peso, mas isto não garante a perda de peso permanente. A única coisa que pode fazer isso acontecer é quando o indivíduo se compromete a manter um estilo de vida saudável, e com hábitos alimentares e atividade física que se tornem hábitos para garantir seu novo modo de vida.

Leia mais »